Seguidores

Tecnologia do Blogger.
RSS

{PIADOLANDIA:107421} Je suis Cícero!

Por Claudio Schamis

--
A Grita Brasil é publicada às quintas

É muito mais charmoso revelar nossa revolta em francês.

Veja como a história acaba sempre se repetindo. Em 63 a.C, o cônsul romano Marco Túlio Cícero proferiu uma série de quatro discursos célebres, dando origem às Catilinárias – nome dado também à nova Operação da Polícia Federal – onde ele denunciava explicitamente o senador Lúcio Sergio Catilina, que planejava derrubar o governo republicano para obter riquezas e poder.

É óbvio que nós temos os nossos Catilinas, e que são vários. Estão espalhados por todos os três poderes e contaminam todos ao redor. Poucos se salvam. Você poria hoje a mão no fogo por algum desses políticos? Mesmo aquele que se mostra o mais ilibado de todos?

Um dos discursos de Cícero é fenomenal. Você verá que vários nomes se encaixariam perfeitamente onde coloquei o espaço em branco:

"Até quando, ó ________, abusarás da nossa paciência? Por quanto tempo a tua loucura há de zombar de nós? A que extremos se há de precipitar a tua audácia sem freio? Nem a guarda do Palatino, nem a ronda noturna da cidade, nem os temores do povo, nem a afluência de todos os homens de bem, nem este local tão bem protegido para a reunião do Senado, nem o olhar e o aspecto destes senadores, nada disto conseguiu perturbar-te? Não sentes que os teus planos estão à vista de todos? Não vês que a tua conspiração a têm já dominada todos estes que a conhecem? Quem, de entre nós, pensas tu que ignora o que fizeste na noite passada e na precedente, em que local estiveste, a quem convocaste, que deliberações foram as tuas?".

E eu pergunto: E agora, José?

Acho que já nem fico mais estarrecido com nada. Fico só esperando na próxima porrada. É como se, deciceroantemão no fundo do nosso ser, já sabemos que de onde saiu isso aí que estamos vivenciando tem muito mais. Como já caiu na nossa rotina, ficou banal. Mas não deveria. Disse que não fico estarrecido, mas fico revoltado. É diferente.

Por exemplo, aqui no Rio de Janeiro foi descoberta mais uma quadrilha que fraudava a saúde no estado. Milhões e milhões desviados e seus agentes desfrutando casas, apartamentos, carros de luxo, viagens, haras, cavalos. E depois vem nossos governantes dizer que infelizmente não há dinheiro para comprar o medicamento A, o B, o C…., o Z. Não há dinheiro para aumentar os salários dos funcionários da saúde, para abrir novos hospitais. Não há dinheiro para tratar a saúde mental tão necessitada de verbas. E então vemos as universidades ruindo, alunos sem suas bolsas e aí nosso "querido" prefeito resolve pagar R$ 800 mil de cachê para o Zeca Pagodinho cantar no Réveillon. Fora o cachê dos outros artistas.

Vale frisar que não acho nada absurdo o cachê, é o trabalho do Zeca. O absurdo é um estado falido pagar esses valores para alguns momentos de lazer, e no dia seguinte termos a notícia de que morreu mais um na fila de um hospital, ou que a D. Maria terá que esperar quatro anos para marcar a sua cirurgia.

Só espero que não tenhamos de pagar nenhum direito autoral, pois usarmos esse discurso do Cícero hoje não poderá ser considerado plágio. O que estamos fazendo é apenas uma adaptação de ambiente, de época. Pois, vamos combinar, parece ser sempre tudo igual. Muda somente a época e o país. Se bem que igual ao nosso, não pode existir. Nem o Sri Lanka, que tem um IDH melhor que o nosso.

Dorme com essa. Mas pense antes se vai ligar o ar condicionado, pois já estão estudando para o ano que vem termos a Bandeira Vermelha 1 e Bandeira Vermelha 2.

E o que mais falta acontecer? O que mais falta inventarem? Sempre com base na incompetência deles como governantes, que têm o poder e o dinheiro para fazer, e que usam e abusam do poder, roubam o dinheiro, depois aparecem dizendo "é, não deu", vamos ter que consertar isso. E como eles fazem isso? Mandando a conta pra casa de cada um de nós em forma de mais impostos, de aumento de alíquotas, dizendo que isso é só uma fase. Que vai passar logo. Eles não sabem, mas esse "vai passar" já dura mais de 12 anos.

Já deu. Chega! Basta!

Minha única certeza hoje é a necessidade de deflagrar, ou melhor, expandir a campanha Lixo Zero para dentro do Congresso, do Senado e do Planalto.

Salve as baleias. Não jogue lixo no chão. Não fume em ambientes fechados.







--
--
Você recebeu esta mensagem porque está inscrito no Grupo "PIADOLÂNDIA" em Grupos do Google.
Para postar neste grupo, envie um e-mail para piadolandia@googlegroups.com
Para cancelar a sua inscrição, envie um e-mail para piadolandia-unsubscribe@googlegroups.com
Para ver mais opções, visite o grupo em http://groups.google.com/group/piadolandia?hl=pt-BR
AVISO: Não enviar e-mails sem (XXX) para qualquer tipo de conteúdo adulto e tragédias, (PPS) para power point, (link) se for postar somente endereços, (wmv ou vd) para vídeos normais, (POL) para assuntos relacionados a política.

---
You received this message because you are subscribed to the Google Groups "Piadolândia" group.
To unsubscribe from this group and stop receiving emails from it, send an email to piadolandia+unsubscribe@googlegroups.com.
For more options, visit https://groups.google.com/d/optout.

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

0 comentários:

Postar um comentário